sábado, 11 de fevereiro de 2012

O sorriso dos professores e professoras

 

José María Toro

CriancaSorrindo O sorriso de uma criança que está feliz na escola não tem preço. O sorriso de um professor que é feliz na escola .... isso tampouco tem preço.

O sorriso deve ser considerado um elemento tipicamente escolar, tais como livros, cadernos, lápis e quadros negros. Hoje, talvez mais do que nunca, é preciso devolver o sorriso para os rostos de meninos e meninas e ao semblante de seus professores.

A presença ou não de sorrisos é um dos mais fiéis e sensíveis barômetros para medir o nível de pressão (ou opressão) na atmosfera de una classe. O sorriso é um termômetro preciso que reflete a calidez ou frialdade do encontro humano no qual se mantém um determinado modo de intervenção pedagógica. O sorriso marca nas faces de alunos e professores, de pais e filhos, qual é a temperatura com que se cozinha o processo educativo.

Nossas classes podiam ser entendidas, consideradas e vividas como um campo de cultivo de sorrisos. Fui reconhecendo que, como professor, estava chamado a ser, em certo modo, um semeador de sorrisos, um cultivador de alegrias. Por isso procurava que o primeiro que encontrassem as crianças cada manhã, ao começar uma nova jornada escolar, fosse meu sorriso. Esta era, conscientemente, minha primeira atividade ou lição do dia: a energia do sorriso, o presente do sorriso, a arte de sorrir, mas, sobretudo, o direito ao sorriso.

O sorriso é também uma energia que é preciso atender, enfocar, ativar e cultivar.

O sorriso constitui um extraordinário alimento que há de estar presente e servir-se à mesa de cada dia. É um remédio que atua de maneira fulminante e eficaz, é a vitamina por excelência para nosso coração.

O sorriso aplaina e abre o caminho para chegar aos demais e nos abre suas portas. Desenhar um sorriso no momento do encontro é como dizer: Aqui estou! Quem devolve o sorriso não está senão respondendo: “Passa e entra”. O sorriso põe a chave e abre a porta.

Eu presenteava a meus alunos meu sorriso e eles o devolviam multiplicado. E fomos polindo-os, limpando-os, distinguindo-os desses outros sorrisos moldados pela malicia, sarcasmo, cinismo, mordacidade ou acritude.

Quando um menino ou uma menina sorria ante minha presença sentia que com ele ou ela era toda a Criação, o Universo inteiro o que se regozijava em seu sorriso.

Cada vez que sorria a uma criança lhe estava dizendo: “Gosto de estar aqui”.

Cada vez que uma criança me sorria estava dizendo-me: “Sou feliz estando aqui e contigo”.

Esta é uma das máximas felicidades deste trabalho: escutar como cantam e como riem as crianças que se vão depois de haver passado toda uma manhã contigo.

(Extraído do livro “Educar con Co-razón”. Editorial Desclée)

José María Toro é professor de ensino primário e especialista em criatividade, técnicas de estudo e em distintos âmbitos da Expressão e Comunicação. Autor e palestrante.

Fonte: http://www.enpaz.com/modules.php?name=News&file=article&sid=390

Imagem: camaqua.rs.gov.br

12 comentários:

  1. Atena, o sorriso de um professor é levado pelo seu aluno por toda VIDA!!!
    Tinha um aluno chamado FELIPE - ela é especial - que dizia que gostava de minhas aulas porque eu dava risada.
    Por conta deste aluno eu dei aula a uma turma por três anos. A direção me mudava de série a medida que eles passavam de ano, por conta da adaptação do menino.
    Quando chegou na quarta série resolvi voltar para a primeira novamente, explicando que era hora deles conhecerem novas professoras.

    Mas nunca me esquecia de sorrir em sala de aula.

    O sorriso toca a alma e aquece o coração. Gosto tanto dos textos que são escolhido. Vou compartilhar no face.
    Abraços, amiga!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malu querida:
      Isso que é ser professora querida, não, acompanhar os alunos por três anos?
      Não me surpreende nem um pouco você dizer que não esquecia de sorrir, já tinha percebido que você é apaixonada pelo que faz. Meus parabéns.
      beijos

      Excluir
  2. Querida amiga

    É na alegria,
    que a educação verdadeira
    canta,
    dança
    e inspira,
    lições de um mundo melhor.


    Que sempre existam
    sonhos a habitar teu coração.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    Acredito que ser professor é um dom que recebemos.
    Existe coisa mais linda que o sorriso de uma criança?
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  4. Cadinho:
    Eu acho que o sorriso abre qualquer porta.
    Grata pela visita

    ResponderExcluir
  5. Aluisio, eterno poeta...
    Taí, alegria e sonhos não deveriam ser apanágio somente das crianças.
    Grata pela visita e abraços.
    Desculpe a demora, estava na praia.

    ResponderExcluir
  6. Maristela:
    Concordo com você, o magistério é um dom. Sinto o mais profundo respeito por professores, pois considero a educação o bem maior de um povo.
    Obrigada pela visita e abraços

    ResponderExcluir
  7. educar é uma belíssima tarefa...
    educar arrancando sorrisos é uma tarefa sublime...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Borboleta:
      Concordo plenamente. Magistério é uma profissão incrível.
      abraços

      Excluir
  8. Muito bom este blog , achei sem querer clic na imagem no blog da catia rosa antenada e saí aqui ...rs...
    vou seguir tá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda, Gisele.
      Obrigada pelo apoio.
      abraços

      Excluir