sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sinto pena dessa juventude

 

Este não é um texto sobre educação, mas se lerem nas entrelinhas a falta da mesma será aí encontrada.

Há circunstâncias que não podem ser mudadas pelas pessoas comuns, como as falhas das políticas públicas de educação, mas a mudança também pode e deve vir dos pais e professores do ensino fundamental para que os futuros jovens não se enquadrem no que o professor Antonio, de forma contundente, expõe neste texto.

 

tribos Cedo aprendi que o "sentir pena" não era um bom sentimento, estaria ligado à inação, à incapacidade de aliar a compaixão com a ação de ajuda efetiva. Mas, eu sinto pena dessa juventude, dividida por tribos, assumindo estereótipos e posturas morais que estão distantes das melhores, tentando encontrar caminhos que não os levam a lugar algum.

Sinto pena dessa juventude, quando rapazes e moças dissociam o sexo da contrapartida afetiva, encontrada nas relações construídas, buscando vivenciar emoções que mais tarde verificarão serem efêmeras.

Sinto pena dessa juventude, quando vejo a unidade familiar destroçada pelo abandono dos pais, pela disseminação das drogas, por políticas públicas equivocadas, pela alienação que parece se alastrar de forma epidêmica e pelo uso da vodka com energéticos, que os fazem pular enlouquecidos durante toda a noite, como que em uma dança tribal ancestral, que pudesse afastar os seus medos, sem saberem, que apenas estão conseguindo postergar seus futuros, se tiverem algum, e enfraquecendo os seus frágeis corpos e as suas frágeis mentes.

Sinto pena dessa juventude, exposta a todo o tipo de violência, sem destino e sem remetente, que lhes ceifa as vidas, fornecendo dados às estatísticas que justificarão as suas ausências na vida adulta.

Sinto pena dessa juventude, que escolhe viver as suas orientações sexuais, inseridos em uma sociedade hipócrita e perversa, que finge aceitá-los, para parecerem politicamente corretos.

Sinto pena dessa juventude que se aglomera com esforço em faculdades noturnas, com ensino de péssima qualidade, que não lhes garantirão conhecimento e nem habilidades que os ajudem a ascender profissionalmente.

Sinto pena dessa juventude, que de "vacilo em vacilo”, sai vagando pela vida se colocando nas mãos frias e pegajosas do acaso, e como diria o poeta Luiz Melodia, ainda por cima, " sem o auxílio luxuoso de um pandeiro "

Professor Antonio Carlos Muniz Macedo

Fonte: http://observatoriodaexperiencia.blogspot.com/

Imagem: fashionbubbles.com

11 comentários:

  1. VI O SEU AVATAR
    E RESOLVI O VISITA
    PASSEI E GOSTEI

    ABRAÇO BOM SÁBADO

    BRUNO

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga

    Hoje minha visita é para agradecer
    o presente que é para mim
    a sua amizade,
    e também desejar
    um maravilhoso Natal,
    onde possas encontrar nestes dias
    ainda mais inspiração
    para a alegria de ser feliz,
    e para o milagre de fazer
    quem passa por tua vida feliz.

    Que o teu olhar seja a mais perfeita
    luz do Natal a enfeitar o mundo.

    ResponderExcluir
  3. Bruno:
    Agradecida e seja muito bem vindo.
    Votos de boas festas e um 2012 muito especial.
    abraços

    ResponderExcluir
  4. Aluisio:
    Que lindas palavras! Muito obrigada.
    Desejo a você um alegre Natal e um 2012 na paz, na luz e com muito amor.
    abraços

    ResponderExcluir
  5. Que a o suave perfume de Jesus, perfume de paz, amor,
    harmonia e a eterna esperança no novo Novo .
    Inspirado, como fundamento de uma sociedade nova, com Justiça e amor
    onde não haja descrinações entre povos de Nações.
    Onde a crianças e idosos encontre respeito numa
    socidade menos corrupita e injusta.
    Que o Mundo seja de todos as cores da primavera
    que todos possam beber do mel extraído do néctar das flores.
    Que a paz de jesus reine em seu coração e que 2012 seja um ano de intensa paz .
    Um carinhoso Beijo meu eterno carinho.
    Vou contar com você em 2012
    Eu vou continuar seguindo e te amando.
    Com carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  6. Evanir:
    Faço minhas as suas palavras.
    Desejo-lhe um novo ano com muita paz, amor, saúde e harmonia.
    abraços

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Não existe ano novo
    se não houver sonhos novos.
    Desejo que neste novo ano,
    cada dia de vida da sua história,
    seja vivido de modo calmo e pleno,
    e que possas viver
    o mais intenso caso de amor
    com a sua vida,
    e com os que fazem parte da sua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  8. OLA, hoje 1 dia do ano, passando pra lhe fazer uma visitinha, e tbm pra pedir que sempre que puder der uma passadinha no meu blog, sua visita é importante, serás sempre muito bem vinda.bjs

    Este ano não quero pedir nada novo.
    Quero pedir coisas existentes, mas que ficaram perdidas com o tempo.
    Quero pedir então que...
    Devolvas aos homens a fé, para que não se desesperem ante as adversidades.
    Devolvas a esperança, para que olhem sempre para frente, com a cabeça erguida.
    Devolvas a capacidade de emocionar-se, pois só corações quebrantados são capazes de pensar nos outros.
    Devolvas a inocência, justo na medida certa, para que a bondade possa instalar-se antes da maldade na vida das pessoas.
    E também que Devolvas o olhar puro das crianças para que cresçam e amadureçam
    no tempo certo.

    ResponderExcluir
  9. Que a felicidade te acompanhe sempre e que ela seja
    sua companheira constante no decorrer desse Ano de 2012.
    Sigamos avante, para o alto e com um sorriso no rosto! Paz e luz.
    E já no final dessa primeira semana de Ano Novo.
    Desejo um feliz e abençoado final de semana.
    Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
    Beijos no coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  10. Nice:
    Obrigada pela visita. Ando meio sem tempo, mas assim que puder a visitarei.
    Abraços e um maravilhoso novo ano.

    ResponderExcluir
  11. Evanir:
    Mais uma vez obrigada pelo carinho.
    Que 2012 lhe traga a realização de seu sonhos mais caros.
    abraços

    ResponderExcluir